A Tireoide

A glândula da tireoide é o “controlador mestre” do metabolismo.

Sobre Hipotireoidismo

Hipotireoidismo, ou glândula da tireoide com atividade insuficiente, é uma condição comum.1 Ela ocorre quando a glândula da tireoide não produz hormônios suficientes. Esta produção insuficiente de hormônios desacelera o metabolismo do corpo, fazendo com que os pacientes sintam frio, cansaço e depressão.2 Se você sofre de hipotireoidismo, é provável que você perceba que ganhou peso, mesmo com alimentação saudável e  exercícios regulares.1


Sintomas chave de hipotireoidismo

Os sintomas de hipotireoidismo são desagradáveis e podem afetar a autoestima, o trabalho e a vida pessoal de um indivíduo.1-4

Os sintomas incluem:

  • Fadiga/sonolência
  • Intolerância ao frio
  • Ganho de peso ou dificuldade maior para perder peso (apesar de uma dieta saudável e exercícios)
  • Depressão
  • Constipação
  • Períodos menstruais irregulares ou problemas de fertilidade
  • Problemas articulares ou musculares
  • Cabelo e unhas finos e frágeis e/ou pele seca e escamosa
  • Libido reduzida

Sem tratamento, o hipotireoidismo pode causar sintomas mais graves e até mesmo apresentar risco de morte. Complicações graves do hipotireoidismo incluem:

  • Risco do paciente entrar em coma1
  • Insuficiência cardíaca1
  • Depressão grave com risco de vida1
  • Risco aumentado para desenvolvimento de Alzheimer5

Quem corre esse risco?

  • Mulheres são geralmente mais propensas a desenvolver hipotireoidismo, especialmente durante a gravidez, após o parto e durante a menopausa6
  • Idosos6
  • Pessoas com parentes que apresentam distúrbios autoimunes6
  • Pessoas com doenças autoimunes, diabetes tipo 1 ou artrite reumatoide6
  • Pessoas com distúrbio bipolar6
  • Pacientes que passaram por radioterapia ou cirurgia da tireoide6
  • Populações brancas e asiáticas6

Diagnosticando a disfunção da tireoide

Muitas pessoas continuam sem ser diagnosticadas com problemas de tireoide e sofrem por muito tempo com seus sintomas confundidos com os de outras condições.. A disfunção de tireoide pode ser confirmada pelo médico por meio de um exame de sangue simples.6

Se você se preocupa com a possibilidade de sofrer com problemas da tireoide, discuta o assunto com seu médico. Experimente ainda nosso verificador de sintomas de distúrbios de tireoide.

Como tratar o hipotireoidismo

O tratamento de disfunção de tireoide é simples, seguro e eficaz.6 Uma vez que não há cura para o hipotireoidismo, o objetivo do tratamento é repor os hormônios da tireoide que faltam no corpo.6 A medicação apropriada, tomada diariamente, permite que pacientes vivam uma vida sem sintomas.6

Se você foi diagnosticado com hipotireoidismo, é importante lembrar que o tratamento é um compromisso para a vida toda e que a medicação deve ser tomada todos os dias, mesmo com os sintomas sob controle.6 Isto pode parecer desafiador, mas assumir o controle da sua condição e seguir a sua medicação deve garantir que você viva sem sintomas.6 É aconselhável consultar seu médico com mais frequência caso ocorra alguma mudança na sua condição.

Como os hormônios da tireoide afetam o seu coração

O coração é um alvo importante dos hormônios da tireoide. Uma quantia baixa desses hormônios  por conta de uma tireoide insuficientemente ativa (hipotireoidismo) pode causar níveis elevados de colesterol total e triglicérides7.

Até mesmo o hipotireoidismo leve piora doenças cardíacas

O hipotireoidismo leve afeta até 20% da população e é mais comum em mulheres do que em homens.8 Pessoas mais velhas são mais propensas a sofrer com uma glândula da tireoide  insuficientemente ativa.6 Se você tem doenças cardíacas e hipotireoidismo, mesmo que leve, é vital que a sua tireoide seja retornada à sua função normal. A presença de ambas as doenças é associada ao risco elevado de morte por problemas do coração.9

  1. EndocrineWeb. What is Hypothyroidism? Available at https://www.endocrineweb.com/conditions/hypothyroidism. Last accessed April 2022
  2. American Thyroid Association. Hypothyroidism. Available at http://www.thyroid.org/wp-content/uploads/patients/brochures/Hypo_brochure.pdf. Last accessed April 2022
  3. British Thyroid Foundation. Psychological symptoms and thyroid disorders. Available at http://www.btf-thyroid.org/information/leaflets/37-psychological-symptoms-guide. Last accessed April 2022
  4. Poppe K, Velkeniers B, Glinoer D. The role of thyroid autoimmunity in fertility and pregnancy. Nat Clin Pract Endocrinol Metab 2008; 4: 394–405.
  5. Tan ZS, Beiser A, Vasan RS et al. Thyroid function and the risk of Alzheimer disease: the Framingham Study. Arch Intern Med 2008; 168: 1514–1520.
  6. American Thyroid Association. Hypothyroidism. Available at http://www.thyroid.org/wp-content/uploads/patients/brochures/Hypothyroidism_web_booklet.pdf. Last accessed April 2022
  7. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism. Hypothyroidism and Heart Disease. Available at https://academic.oup.com/jcem/article/98/12/39A/2833277. Last accessed April 2022
  8. Razvi S, Weaver JU, Pearce SH. Subclinical thyroid disorders: significance and clinical impact. J Clin Pathol 2010; 63: 379–386.
  9. Iervasi G, Molinaro S, Landi P et al. Association between increased mortality and mild thyroid dysfunction in cardiac patients. Arch Intern Med 2007; 167: 1526–1532.

BR-NONE-00027/Abril-2022

Data de elaboração: Março 2018. Data da revisão: Abril 2022