Sua Saúde

A glândula da tireoide é um órgão pequeno, mas seu impacto é grande.

Para os Pais

DOENÇAS DE TIREOIDE E CRIANÇAS

Os hormônios da tireoide têm um papel muito importante no crescimento e desenvolvimento saudáveis durante a infância, afetando o metabolismo, o sistema nervoso e as funções dos órgãos.1 Portanto, é essencial que os pais entendam os sinais e os sintomas de distúrbios de tireoide. Também é importante lembrar que há tratamentos disponíveis e que a intervenção rápida ajudará a evitar problemas ou complicações a longo prazo.1

Crianças diagnosticadas com problemas de tireoide precisam do apoio de suas famílias para garantir que tomem sua medicação regularmente e entendam sua condição. Recomenda-se também que as escolas sejam informadas para que conheçam o diagnóstico de seus alunos e suas necessidades de tratamento.


Conheça a Hipo e a Hiper, as borboletas da tireoide

Para identificar os sintomas associados ao hipotireoidismo e ao hipertireoidismo, pense neles como borboletas, cada uma com uma personalidade diferente: Hipo (abreviação de hipotireoidismo) e Hiper (abreviação de hipertireoidismo).

Conheça a Hipo, a borboleta lenta e vagarosa

Hipo é uma borboleta azul. Ela se move lentamente em comparação com seus amigos e não cresce tão rapidamente. Ela costuma ficar cansada e é vagarosa. Sua pele é fria e seu batimento cardíaco é mais lento do que o das outras borboletas.

Conheça Hiper, a borboleta hiperativa e inquieta

Hiper é uma borboleta magra, hiperativa, inquieta e rosa. Ela se irrita facilmente, costuma ter muita fome e comer muito, mas ainda perde peso.

O meu bebê pode ter problemas de tireoide?

Crianças podem ter problemas de tireoide desde o parto, uma vez que podem nascer sem uma tireoide em bom funcionamento – uma condição denominada hipotireoidismo congênito.2 Pode ser difícil identificar essa condição, já que os bebês podem não apresentar quaisquer sintomas, ou somente sinais leves que passam batidos.2

O que eu devo procurar?

Sintomas típicos do hipotireoidismo congênito incluem:2

  • Icterícia prolongada
  • Sono excessivo
  • Alimentação fraca
  • Tônus muscular fraco
  • Constipação
  • Extremidades frias

Para evitar os efeitos mais graves de hipotireoidismo congênito sem tratamento – incluindo o desenvolvimento cerebral prejudicado – recomenda-se examinar cada bebê logo após o nascimento. O tempo recomendado para o exame costuma ser alguns dias depois do nascimento.2 Crianças com hipotireoidismo congênito são tratadas com medicação apropriada da mesma maneira que os adultos.2 Este tratamento pode garantir que a criança continue a se desenvolver normalmente.2

Se você se preocupa com a possibilidade de que você ou o seu filho sofram com problemas da tireoide, discuta o assunto com o seu médico.

A tireoide pouco ativa em crianças

A causa mais frequente de hipotireoidismo adquirido é uma reação autoimune.3 A tireoidite de Hashimoto é uma forma de hipotireoidismo na qual o sistema imunológico ataca a glândula e interfere na produção de hormônios.4

Os sinais de hipotireoidismo em crianças podem variar dependendo da idade em que o problema começa:

  • Bebês podem ter icterícia por mais tempo do que o normal1
  • Crianças mais velhas podem ter seu crescimento prejudicado em termos de ossos ou dentes1
  • Crianças em idade escolar podem ter dificuldades de aprendizado e a puberdade pode ser atrasada1,3

Tratamento

A meta do tratamento de hipotireoidismo em crianças é substituir o hormônio ausente. A medicação adequada para o hipotireoidismo em adultos também é recomendada para crianças. No entanto, a dose é ajustada para corresponder ao peso e às necessidades específicas da criança.1

Se você se preocupa com a possibilidade de que você ou o seu filho sofra com problemas da tireoide, discuta o assunto com o seu médico.

A tireoide hiperativa em crianças

O distúrbio autoimune conhecido como doença de Graves é responsável por quase todos os casos de hipertireoidismo em crianças. A doença de Graves tende a ser mais comum em adolescentes do que em crianças, geralmente afetando mais meninas do que meninos.1

Pode ser difícil identificar a doença de Graves em crianças devido ao seu desenvolvimento lento. No entanto, há sinais e sintomas comuns a serem observados. Estes incluem:1

  • Alterações de comportamento e no desempenho escolar
  • Insônia ou inquietação
  • Irritabilidade
  • Necessidade elevada de acordar à noite para urinar
  • Tireoide aumentada
  • Mãos trêmulas
  • Olhos levemente saltados
  • Apetite elevada combinada com perda de peso
  • Diarreia
  • Frequência cardiaca rápida
  • Nervosismo excessivo 

Tratamento

A meta do tratamento de crianças com hipertireoidismo é reduzir a quantidade de hormônio da tireoide presente no fluxo sanguíneo. Há várias opções de tratamento disponíveis e todas envolvem possíveis complicações, devendo ser discutidas cuidadosamente com um médico.1 Em crianças que apresentam reações adversas a medicações anti-tireoidianas, pode ser mais recomendável fazer cirurgia.1 É improvável que a radioiodoterapia seja usada, uma vez que os efeitos no longo prazo em crianças e adolescentes não são conhecidos.1

Se você acha que você ou o seu filho podem estar sofrendo de problemas da tireoide, discuta o assunto com o seu médico.

  1. Bettendorf M. Thyroid disorders in children from birth to adolescence. Eur J Nucl Med Mol Imaging 2002; 29 (Suppl. 2): S439–S446.
  2. British Thyroid Foundation. Congenital hypothyroidism. Available at http://www.btf-thyroid.org/information/leaflets/42-congenital-hypothyroidism-guide. Last accessed April 2022 
  3. University of Rochester Medical Center. Acquired hypothyroidism in children. Available at https://www.urmc.rochester.edu/encyclopedia/content.aspx?contenttypeid=160&contentid=4. Last accessed April 2022

BR-NONE-00027/Abril-2022

Data de elaboração: Março 2018. Data da revisão: Abril 2022